TRATAMENTOS FACIAIS

LIMPEZA DE PELE

Por que devemos fazer limpeza de pele?

Primeiramente para mantermos os poros pilocebáceos limpos e para controle de acne e oleosidade. É necessária antes de começar qualquer tratamento, pois sua pele estará apta a receber qualquer tipo de ativo e ficará livre de comedões (cravos). Retira o acúmulo de células mortas da camada córnea, o que favorece a hidratação e, consequentemente, previne o envelhecimento, pois o procedimento oxigena, nutre e revigora.

É um dos tratamentos mais completos e eficazes para a face.

Uma excelente limpeza de pele envolve vários fatores como a qualidade dos produtos dermocosméticos e aparelhos estéticos utilizados, bem como, uma profissional qualificada.  O processo começa com uma higienização facial, seguida de esfoliação, tonificação, emoliência, extração, novamente tonificação para equilibrar o PH da pele, máscara e massagem facial de acordo com a necessidade do cliente.

Se for feita de dia, finalizar com FPS.

Indicações: para todos os tipos de pele, no controle da oleosidadde, acne (espinha) e comedões (cravos).

PEELING DE CRISTAL

Também chamado de microdermoabrasão, esse tratamento é feito com um aparelho que dispara um jato de microcristais feitos de hidróxido de alumínio, favorecendo uma renovação celular, removendo as células mortas e melhorando o aspecto de rugas, manchas e até as linhas de expressão.

 

Tem por objetivo manter uma esfoliação leve da epiderme ou realizar o procedimento de maneira mais intensa. Ajudando na permeabilidade dos ativos dermocosméticos utilizados de acordo com a necessidade de cada cliente estimulando a produção de colágeno e elastina.

 

Indicações: clareamento, previne o aparecimento de linhas de expressões, remoção de células mortas, estimulação de colágeno e elastina.

Contra-indicações: doenças crônicas em atividade, como acne e herpes, no local a ser realizado o peeling, pacientes que utilizam roacutan (isotretinoina).

PEELING DE DIAMANTE

O peeling de diamante é um procedimento executado com equipamento de sucção e uma ponteira de diamante, que faz a esfoliação superficial da pele, favorecendo e estimulando a produção de células de colágeno e elastina. Através da sucção oxigena, nutre e revigora a pele, podendo ser feito em qualquer época do ano. É indicado para todos os tipos de pele e utilizado em todas as áreas do corpo.

Indicações:

rugas finas, cicatrizes de acne, hiperpigmentações (manchas), melanoses solares, estrias, produção de colágeno e elastina. Pode ser feito em todos os fototipos.

Contra-indicações:

doenças crônicas em atividade, como acne e herpes, no local a ser realizado o peeling, pacientes em tratamento com roacutan (isotretinoina) e peelings médicos.

PEELING QUÍMICO

Os peelings consistem na aplicação de agentes químicos que destroem as camadas superficiais da pele, seguida de uma regeneração da camada córnea. É uma forma de acelerar o processo de renovação que acontece naturalmente. Podem ser superficiais, médios ou profundos, podendo ou não ocorrer descamação, resultando em uma pele com aspecto liso, iluminado, rejuvenescido e com o tom uniformizado. 

 

Os critérios utilizados para indicação de cada tipo de peeling compreendem: idade,

fototipo, área a tratar, grau de fotoenvelhecimento e objetivos a alcançar. A absorção varia de acordo com as características de cada pele, como: espessura da epderme, densidade de folículos, grau de foto agressão, sexo (a pele masculina é mais oleosa, dificultando a penetração), fototipo (quanto mais baixo, maior a penetração), procedimentos anteriores recentes e uso de isotretinoína oral (Roacutan).


Indicações: melanoses, melasmas, cloasmas, fotoenvelhecimento, marcas de expressões, rugas finas, sardas, pele desvitalizada e com textura espessa, cicatrizes de acne, estrias, clareamento de axilias e virilha, flacidez, foliculite, oleosidade e acne ativa. 

 

Contra-indicações: processos inflamatórios, pacientes com distúrbio de cicatrização, gestantes, diabéticos descompensados, distúrbios de coagulação, dermatites, lesões de psoríase, melanoma (câncer de pele), herpes ativo, lesões vasculares e uso de coagulantes. 

MICROAGULHAMENTO

O microagulhameto é um dos tratamentos mais revolucionários da área estética!

O tratamento é realizado através de um aparelho manual ou elétrico, compostos por pequenas agulhas que causam microperfurações na pele. Estas microperfurações são responsáveis pela indução de um processo inflamatório, capaz de estimular os fibroblastos, que são células responsáveis pela produção de colágeno e elastina. Além de facilitar a permeabilização de ativos na pele.

Tem por objetivo melhorar o aspecto da pele, retardar o aparecimento de rugas, tratar linhas de expressão finas, tratar pigmentação de manchas, especialmente do melasma e tratar queda de cabelo.

Vale ressaltar que o microagulhamento pode ser utilizado tanto no rosto, como em outras partes do corpo, inclusive no couro cabeludo para tratar alopecias e queda capilar.

Indicações: redução do melasma, redução de cicatrizes de acne, redução de rugas, redução/melhora de estrias, melhora de poros e textura da pele, redução de cicatrizes traumáticas e/ou cirúrgicas. Pode ser indicado para rejuvenescimento facial, manchas, alopecia e flacidez.

 

Contra-indicações: doenças auto imunes, problemas cicatriciais (queloide), processos inflamatórios agudos, melanomas e indivíduos altamente alérgicos.

Todos os Direitos Reservados - Estética Corpface 2019

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social